O Gonçalo nasceu no dia 26 de Novembro de 2009, no Hospital de São Sebastião em Santa Maria da Feira, em morte aparente.



Necessitou de manobras de reanimação durante vinte minutos e de cuidados intensivos durante 18 dias.



Só ao fim de 25 dias pudémos trazer o nosso bebé para casa!



Foram dias muito difíceis! De muito sofrimento, de muita dor... Mas em nenhum desses dias deixámos de acreditar na força do nosso príncipe, que vinte minutos após o seu nascimento, demonstrou ser capaz de contrariar aquilo que mais ninguém pode contrariar!!




E foi nesse momento que guardou a primeira pedra do seu castelo...







Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir um castelo…


(Fernando Pessoa)

terça-feira, 11 de maio de 2010

Deficiências

Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida,

aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive,
sem ter consciência de que é dono do seu destino.
Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.
Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio,
de fome, de miséria.
E só têm olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um
amigo, ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e
quer garantir seus tostões no fim do mês.
Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e
se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
Paralítico é quem não consegue andar na direção
daqueles que precisam de sua ajuda.
Diabético é quem não consegue ser doce.
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois
Miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus.
A amizade é um amor que nunca morre.


(Extraído do dicionário particular de Mário Quintana)

1 comentário:

  1. Que lindo texto e tão cheio de verdades...

    Que lindo o nosso Guga de camisinha....
    Se está um borracho nas fotos imagino ao vivo (fico ansiosa por ver)...realmente parece um homenzinho em ponto pequeno.

    E como é senhor Guguinha, a papa cospes mas o chupa não o largas...E que cara de satisfação tens...vais ser guloso como a prima.

    A viagem por este blog é realmente rica em emoções e reflexões...obrigada por isso!!!


    Espero nunca ficar cega, surda, paralítica e diabética pois quero muito ajudar a colher pedrinhas para o castelo do nosso Guguinha(sim, porque ele também é um bocadinho meu...:))

    Um beijinho grande
    Raquel

    ResponderEliminar